• — Amalia Reis Silva

    A espirulina é muito boa, a minha nutricionista indicou, estou muito contente.

  • — Iracema Ziojlo Leal

    Adorei, ja tomei como moderador de apetite mas nao sabia que tinha tantos beneficios.

  • — Leila de Jesus

    Eu mesma estava com problemas de coluna /nervo ciatico . Começei a tomar a Unha de Gato e tive melhoria significativa.

  • — Ana Ramos

    Gostei muito do teor da informação, pois sempre gostei de graviola. Agora mais do que nunca, vou passar a ingeri-la com mais frequencia.

  • — Andrea

    Ola. Chá das folhas da graviola é bom pra o diabetes, depressão, Pressao alta e emagrecer. Até alguns câncer. Asma, colesterol e outras doenças …okkk tomem sem medo . Eu tomo.

  • — SILMARA BRITO DA SILVA

    Olá para todos ,moro no norte do Mato Grosso,tenho um pé de graviola aqui em casa e na minha sogra tem mais uns 4 ou 5 tomamos suco sempre e estou gravida de 33 semanas e posso dizer que passei a gestação super bem.Creio que é um fruto muito bom ,semanalmente tomamos o seu suco 3 a 4 vezes.muito bom mesmo. (26 de junho de 2016)

  • — Newton Carneiro

    Na verdade tomo espirulina todo dia com um pouco de leite desnatado depois do almoço ,e na verdade ela é forte e diminui a pressão arterial ,devemos controlar medindo muitas vezes ,pós eu tomava um comprimido para pressão como a maioria dos idoso ,e tive de diminuir para um só à noite,pois com dois a nossa spirulina abaixava muito a pressão. assim temos uma vida melhor.

  • — Rui Vieira

    Sugeri a cura pela Anona a um amigo, que tinha o pai sofrendo de um tumor. O tumor era na região do pescoço e já outras pessoas da região onde vive tinham sido vitimadas de forma mortal, sem um único caso de sobrevivência. Seguiu o meu conselho e paralelamente a ter feito os tratamentos de quimioterapia no Hospital tomou a Anona e hoje em dia está curado, como se nunca tivesse estado doente...

  • — Luana

    Tinha um mioma na parte posterior do útero. Comecei a tomar unha de gato sem fazer nenhum outro tipo de tratamento. O mioma parou de crescer e calcificou. Tomava em cápsulas, pois não gosto de chás. Depois disso, nunca mais tomei. Atualmente voltei a tomar por causa de cistos, mas ainda não fiz outro ultrassom para saber o resultado. Não tive nenhum tipo de reação ou mau estar, apenas quando arrotava sentia o gosto da planta.

  • — Mariza

    Consumo Unha de Gato sempre que necessário, meu organismo recebe bem, tomo pelo menos uma a duas vezes na semana, um pouco mais no período menstrual e mesmo quando não sinto nada. O resultado é que raramente resfrio, e quando pego uma friagem já tomo a Unha de Gato. Se fico alérgica, acrescento alfavaca, se tenho dor muscular, acrescento a semente de sucupira, para mim essas combinações dão resultados. Espero acrescentar. Um abraço.

  • — Pedro Honório Miranda

    Minha esposa foi diagnosticada de câncer no esôfago dia 13/05/2014. Comecei no mesmo dia com babosa, mel, extrato fluido de folhas de graviola, extrato fluido de unha de gato, 15 ml 3 vezes ao dia. No dia 14/07/2014 foi submetida a cirurgia. Meu medo era das quimioterapia e radioterapia. Dia 19/08/2014 o médico disse que não era necessário quimioterapia nem radioterapia. Ela está bem. O acompanhamento médico é de 5 anos. Vai usar extrato de graviola por muito tempo.

  • — Anónimo

    É fácil comparar... na natureza os animais não tem câncer, nem doenças, eles vivem até o ultimo dia de vida com saúde... Alguém já viu um pássaro não voar porque esta doente? Os únicos animais que tem câncer e outra doenças são os que convivem com a raça humana, gatos e cachorros, até mesmo as vacas e cavalos, porque? Porque tem outra máfia dos veterinários que vivem disso. Os Suínos (porcos) não tem doenças porque eles são para consumo. A na natureza os animais só comem coisas cruas e naturais.

  • — Wagner Belchior

    O que vocês dizem é sim verdade, eu sou bem informado e pesquiso muito. A Graviola é uma fruta que nosso bom Deus criou para a cura do cancêr! Pessoas que conheço estão consumindo e está dando muito resultado. Essa árvore é a salvação de muita gente até quem não tem câncer deve tomar o chá da Graviola, depois da folha seca, é só fazer o chá e tomar todos os dias. Não perca essa chance! Quem precisa se curar dessa doença maldita, não perca tempo aumente sua defesa do organismo, pare de sofrer tanto. 

  • — Maria Ines Wammes

    Eu tive câncer no intestino em 2006, fiz quimioterapia e falei para minha médica que estava tomando o chá de Graviola. Ela disse que mal não faria, e que ainda estava em estudo os benefícios da Graviola, tomei e ainda tomo o chá de Graviola (compro a folha seca no mercado municipal, ou em casa de ervas) pega-se um maço de folha de Graviola(seca) põe água (1 litro) para ferver, quando ferver coloque as folhas da Graviola e deixe em infusão, tome como se fosse água (quente ou frio), é bom também para imunidade e não pegar gripe, desde que tomo o chá não peguei nenhuma gripe.

  • — Anónimo

    Olá. Eu tenho um genro que é seropositivo desde bebé, a Mãe passou na amamentação. Hoje com 21 anos, há um ano atrás já não conseguia tomar os comprimidos, estava muito debilitado e estava tão magro que não conseguia andar nem comer levei ele e minha filha e meu neto pra minha casa. Dava comida na boca dele, então eu ouvi falar da Graviola comecei dar o chá pra ele aos poucos que ele não estava nem engolindo. Em um mês ele estava bem melhor foi um milagre a médica já nos tinha desenganado, a falar que não tinha mais o que fazer. Hoje graças a Deus e a Graviola ele ta bem com minha filha e meu neto!!!

  • — Eunice Lopes Santos

    Faço uso da Unha de Gato ja alguns anos. Comecei a usar para melhorar a baixa imunidade. Muito bom. Dei uma parada. Cinco anos atrás comecei a usá-la novamente (Artrite Reumatoide) . Diagnosticado atraves de vários exames,. Dores horriveis. Fiquei travada por um tempinho. Fiz uso de corticoide , dose elevada. E voltei a fazer uso novamente da Unha de Gato apos pesquisas. Diminui a dosagem do corticoide, consideravelmente, e estou quase que eliminando-o aos poucos. Mas, continuo com a erva. Resfriado eu não sei o que é faz anos. Somente quem faz uso da Unha de Gato,por um bom período, sabe reconhecer os benefícios.

  • — Anatolia Tavares

    Tenho fé em Deus primeiramente e sei e tenho certeza absoluta que o chá da graviola vai sim curar o meu esposo do câncer. Ele tem metastática no figado e ele vai ficar curado, e podem tomar sim o chá da graviola vale a pena. Ele melhorou bastante a cor da pele, ele está super corado os olhos estão ótimos, a urina dele era muito escura e está bem clarinha ele urina bem, come bem, não sente mais dores ele está ótimo. A Graviola é poderosa não vejo a hora dele fazer os exames e ver que ele está totalmente curado. Mas não desista dos tratamentos e não deixe de tomar muito chá das folhas da graviola. Amém.

  • — Isabel Cristine

    Aqui na minha casa temos uma árvore da Graviola. Mesmo não tendo essa doença, sempre tomamos o suco da fruta ou fazemos o chá das folhas. É impressionante como nos sentimos melhores, eu sofro de intestino preso, às vezes fico com a barriga inchada de não conseguir ir ao banheiro, tomando o chá eu noto a diferença, meu intestino funciona super bem, emagreci...a Indústria Farmacêutica não quer que sabemos dos benefícios milagrosos da Graviola e de nenhuma outra planta, parem e pensem o tanto que uma pessoa com Câncer gasta dinheiro com remédios, plano de saúde.....vocês acham que a a Indústria Famacêutica quer perder isso?

  • — Clementina Carreiro

    Boa tarde! Tenho um familiar muito próximo a quem foi detectado câncer, há um ano e meio... Na cirurgia abriram e fecharam... Partiu-se para o plano B, radioterapia 37 sessões.. No segundo dia encontramos fora do Hospital, um amigo que nos falou do poder da Graviola, mas era importante as folhas para fazer chá! Pesquisei, procurei onde encontrar, não foi fácil em Portugal mas achei.. Passou a ir connosco para o hospital diariamente, até porque antes do tratamento tinha que beber água e substituía pelo chá.. As melhoras começaram logo a ver-se nas análises!! Não foram precisas mais sessões, tá curado e o hábito do chá permanece.. Recomendo vivamente..

  • — Irineu Vicente Strepasson

    Olha, depois que eu foi operado da prostata eu comecei tomar o cha e é um excelente remedio pro cancer e pressão alta diminui a glicose e é um grande aliado a combater anemia alem de curar o cancer ele tambem previne para não ter varios tipos de cancer é 10.000 vezes mais forte que a quimeterapia mas so combate as celulas maleficas mas não danifica as sãs.MEU TIO ESTAVA COM O CANCER DE PROSTATA JA URINANDO SANGUE EU FALEI PRA ELE COMEÇAR TOMAR ATE DEI UM PACOTINHO DE FOLHAS PRA ELE E DISSE TOME TRES XICARAS POR DIA AQUI UM MES FAÇA O EXAME DIMINUIU QUASE A METADE TINHA DADO ANTES 7.5 E UM MES DEPOIS 4.0 MAIS UM MES 2.7 VEJA QUANTO REDUZIU E PAROU DE URINAR SANGUE NÃO TEVE MAIS DOR.

  • — Edson Brito

    Sou farmacêutico e bioquímico além de uma graduação em química. Trabalhei com medicamentos para oncologia. Minha mãe teve câncer de estômago em 2006 aos 68 anos de idade (um dos mais metastáticos conhecidos). Fez cirurgia, fez todas as sessões de quimioterapia e acrescentou suco de Graviola na dieta. O Resultado: Mínimo efeito secundário da quimioterapia (não perdeu cabelo, pouca náusea, nenhum vómito e manteve a disposição de viver). Hoje, 9 anos depois da sua cirurgia, ela se mantém em perfeita saúde, o câncer foi curado. Há evidência científica de que a Graviola cura o câncer? A prática, pelo menos mostra que há uma excelente melhoria do sofrimento do paciente. Além de ser um alimento muito nutritivo e saboroso.

  • — Renato Saccomanno

    Eu fui informado que o chá de Graviola tem várias finalidades. Tais como: COMBATE O CÂNCER, A DIABETES, TIRA INFLAMAÇÃO, INFECÇÃO, ALIVIA A FEBRE E A DOR. Eu fiz uma cirurgia no joelho onde foi colocada uma prótese de titânio.Eu estava com dores e com inflamação no joelho. Alguns meses depois da operação me aconselharam a tomar CHÁ DE FOLHA DE GRAVIOLA. No primeiro dia tomei o chá 3 vezes. No dia seguinte já senti uma melhora bem acentuada. Continuei tomando todos os dias 2 ou 3 vezes por dia. Melhorei muito. Não senti mais dor nenhuma, nem na outra perna onde eu comecei a sentir dor pois estava sobre carregando pelos esforços que eram transferidos para ela. Meu joelho desinchou bastante e até parei de mancar. O CHÁ DE FOLHA DE GRAVIOLA me fez muito bem. Graças a Deus.

  • — Bruna Prado

    Caros amigos, meu pai foi diagnosticado com câncer de próstata avançado com metástase na coluna no dia 25/07/2013, nós fizemos o uso do chá de graviola e após 20 dias de uso as dores dele diminuíram, o PSA dele era de 584 e depois de 2 meses e meio baixou para 6,17 e neste mês de novembro ele fez um novo exame , nesse foi constatado que o Psa dele está 0,15. Ele usou vários tratamentos alternativos ao longo deste tempo, e eu pretendo divulgar todos os tratamentos que estão sendo usados para conseguir eliminar essa doença. Que este testemunho sirva de incentivo para todos aqueles que estão lutando contra essa doença, e que já perderam a esperança. A cura implica uma mudança de vida radical, é necessário que se faça uma dieta alcalina, deve se praticar atividade física como por exemplo caminhar por 30 minutos todos os dias, e beber pelo menos 1,5 litros de água de boa qualidade.

  • — Anonáceas: pinha, atemoia e graviola

    O cultivo de anonáceas, como a pinha, a atemoia e a graviola, é uma alternativa rentável de produção de frutas, principalmente para regiões de clima tropical e subtropical. As mudas de pinha podem ser produzidas por sementes, enquanto as de atemoia e as de graviola devem ser propagadas por enxertia. As anonáceas são muito exigentes em nutrição e, neste sentido, torna-se imprescindível a análise regular do solo e da folha para recomendação da adubação. A poda regular permite a condução das plantas com o maior número de ramos, que suportem maior quantidade de frutos de qualidade comercial, além de possibilitar a produção de duas safras de uma mesma planta por ano nas condições irrigadas do Semiárido brasileiro. As flores das anonáceas apresentam dicogamia protogínica e devem ser polinizadas artificialmente com o uso de pincel ou bombinha polinizadora. As principais pragas são as brocas do fruto, da semente e do tronco, enquanto a antracnose tem causado os maiores prejuízos dentre as doenças. Os frutos são climatéricos, com tendência para consumo in natura da pinha e da atemoia, pelo excelente sabor, enquanto a graviola tende a ser mais utilizada na industrialização, pelo excelente rendimento de polpa e maior acidez.

  • — Evaldo

    Olá! Eu não quero contestar a opinião de ninguem, apenas incentivar as pessoas que contrairam a doença e se encontram no desespero, tomem sim o chá da folha da GRAVIOLA. Em fevereiro 2009, quando o médico me disse que eu estava com câncer, a primeira coisa que pensei: estou morto!, foi uma tristesa só. fiz todos os exames, aí cai no Hospital do Câncer, ali se vê canceroso, meu Deus. Conversa com um, com outro, todo mundo tem um remédio caseiro para o câncer. No primeiro dia o médico, sem muita simpatia, já me disse que tinha que cortar, pq durante o tratamento poderia dar complicações e ele não se responsabilizaria por mim, eu disse não, vou fazer o tratamento, graças a minha persistente fé em Deus, na semana seguinte já me dispensou da quimioterapia, fiz 40 sessões de radioterapia e durante todo êsse tempo, até hoje fiz e faço uso do chá da graviola, do suco de uva, fiz uso de chá verde que outro médico me disse que era bom. Não sei qual deles surtiu mais efeito, só sei que depois de um mês e quinze dias, fui lá com êle e me pediu uma tomografia e uma laringoscopia, na tomografia deu tudo normal, graças a Deus, não tinha nenhum indício de câncer mais. Tenho guardado comigo cópia do laudo. Na laringoscopia deu um “pólipo” atrás da corda vocal que vou com o mesmo médico, extrair segunda-feira #21/09/09#, já recuperei uns 30 por cento da minha voz, já recuperei meu peso, só me falta recuperar o restante da voz com a retirada desse pólipo para voltar a trabalhar. Se Deus quiser.

  • — Kelly

    Em 10 Fevereiro 2002 eu trouxe meu marido para a sala de emergência com uma dor de cabeça e vômitos. Nós pensamos que era uma enxaqueca ruim, mas depois descobrimos que era um tumor cerebral. Em 12 de Fevereiro de 2002 ele fez uma cirurgia e o cirurgião disse-nos, e os testes de laboratório confirmaram mais tarde, que ele tinha um Glioblastoma Multiforme de Grau 4. O cirurgião removeu todo o tumor que ele podia e conseguia ver. O médico disse a nossa família que ele tinha cerca de 26 semanas de vida se ele não tomasse nenhum tipo de radiação e se ele tomasse radiação ele poderia ter um ano de vida. Meu marido tinha 37 anos na época em que foi diagnosticado. Nós não tínhamos certeza do que fazer por isso nós seguimos as recomendações do médico e fomos à radiação cerca de uma semana depois que ele saiu do hospital. Tom levou apenas alguns dias de radiação o que fez ele se sentir terrível e sugou toda a sua energia. Decidimos neste momento procurar por métodos naturais de combate ao cancer. Alguns amigos então nos contaram sobre terapias alternativas e como algumas pessoas estavam lutando e vencendo a batalha contra o cancer. Já que os médicos não tinham nos dado nenhuma esperança decidimos nos dedicar aos métodos naturais e não ter mais radiação. Seguimos uma dieta e também adicionamos alguns suplementos naturais que eram compatíveis com a dieta. Nós tomamos banho de sol e fizemos exercícios leves como caminhada para energizar o corpo. A Ressonância Magnética de três meses do Tom parecia boa, seu cérebro estava limpo e o buraco onde o tumor foi removido estava vazio, exceto por uma pequena linha em torno de uma parte do interior do buraco. O médico disse que poderia ser de tecido cicatricial, um pouco de tumor benigno ou um recrescimento do glioblastoma. Após a primeira ressonância magnética de três meses resolvemos adicionar algumas coisas ao nosso regime. Começamos a preparar os sucos de vegetais e a tomar um suplemento de graviola. Em seis meses a RM do seu cérebro estava completamente limpa. Não havia nenhum cancer em lugar nenhum! O médico disse que era um milagre. Em 14 anos de prática ele nunca tinha visto nada parecido. Tom não se tornou vegetariano, mas conseguimos cortar a carne e o açúcar da dieta dele. Se você coloca alimentos impuros e coisas artificiais dentro do corpo se torna difícil para o seu organismo a combater o cancer.

  • — Paulo

    Tenho visto a expressão “Não comprovado cientificamente” ser usada frequentemente, por médicos e leigos, com uma conotação de que “não é eficaz”, ou que “é perigoso ou enganoso”, referindo-se a produtos naturais. Será esta a interpretação correta? Ou é esta a interpretação que os laboratórios farmacêuticos emprestam, no sentido de manter sua exclusividade na preservação da saúde? Na verdade a expressão significa apenas que algo não foi testado conforme os padrões estabelecidos pelos órgãos governamentais de saúde, e que implicam em investimentos de tempo e dinheiro inacessíveis ao cidadão comum. Somente os grandes laboratórios podem arcar com tais custos, o que lhes garante a exclusividade pretendida. Para provar que algo é eficaz em termos de saúde é necessária a realização de testes. Por analogia, para provar que não é eficaz, os mesmos testes deveriam ser exigidos. Assim sendo, nunca dizem que um produto natural foi comprovado cientificamente ser ineficaz. Dizem apenas que não foi comprovado cientificamente, o que na mente do consumidor desprevenido soa como condenação. Quando alguém afirma ter sido curado com um produto natural, como foi o caso de minha empregada, que se curou de câncer com chá de folha de ariticum, da família da graviola, receitado por um médico do SUS, vem a “explicação científica” do “efeito placebo”, outra expressão usada para desacreditar os recursos naturais. Por outro lado, o fato de algo ter sido comprovado cientificamente e posteriormente ter sido aprovado pelos órgãos de saúde, também não implica em segurança absoluta com relação a possibilidade de danos à saúde. Tanto isto é verdade que muitos desses medicamentos são retirados do mercado por causarem danos à população, como é o caso do Prexige, que rendeu 52 milhões de dólares antes de ser retirado do mercado, da Talidomida, que provocou a malformação de mais de dez mil bebês na década de 60. Infelizmente a ANVISA não publica em seu sítio a lista desses medicamentos, o que se pode facilmente presumir seja resultante da pressão exercida pelas multinacionais que controlam a indústria farmacêutica e que são as maiores potências econômicas do mundo. Com esta simples expressão ficam invalidados todos os préstimos providos pela natureza, durante milhões de anos, no sentido de preservar e desenvolver a vida na terra, o que não é pouco, tendo em vista que os laboratórios farmacêuticos não contam mais do que cem anos de existência. Para a comunidade médica esta postura é cômoda: Além de garantir a simpatia das corporações farmacêuticas, que desde o tempo de faculdade já proporcionam vantagens e agrados materiais, como passagens e estadias para congressos médicos ao redor do mundo, dão segurança a suas prescrições, pois quando um medicamento aprovado causa mal a um paciente, o profissional não pode ser processado. O governo, por sua vez, não faz questão de bancar os testes necessários para comprovação científica de um produto natural. Quando porventura um estudioso descobre os benefícios de um desses produtos, e que não pode ser sintetizado para gerar uma patente que possa ser explorada comercialmente, logo se lhe abre uma oportunidade altamente vantajosa nos quadros de uma multinacional, o que deixa o estudo inacabado e não comprovado cientificamente. Quando digo a um médico que estou com 64 anos e que há 25 não tomo nenhum remédio, tratando-me apenas com recursos da natureza, recebo como resposta esta expressão, acompanhada com um irônico sorriso de superioridade, de quem é o dono da verdade, mas que ouve, por educação, as tolices de um leigo.

Ligue-nos: +(351) 291 223 721

9am to 12am and 1pm to 6pm